quarta-feira, 11 de agosto de 2010

ESTOU QUASE NOVINHA EM FOLHA


Olá...estou quase,quase refeita de uma das grandes desilusões da minha vida, tem sido duro, por vezes ainda me sinto abandonada, enxovalhada, triste, mas, já levanto a cabeça já me apetece viver e desfrutar da família...

O meu pensamento por vezes ainda me atraiçoa, mas não me posso zangar, afinal eu sou um ser humano, tenho sentimentos e um grande coração...não consigo esquecer as coisas nem as pessoas de uma hora para a outra (infelizmente....)

Já te vi...o meu corpo ainda tremeu...passei a teu lado e nem para ti olhei, sabes nem me interessou, estou a deixar de ter qualquer sentimento em relação á tua pessoa, sabes, tenho encontrado o equelibrio e a compreensão em casa...o que nunca pensei...é certo que não sabe de nada mas mesmo não sabendo tem-me limpo as lágrimas(muitas...)tem-me apoiado nos muitos dias de isolamento, depressão e tristeza em que estive enfiada, tive de procurar ajuda médica...teve mesmo de ser...sente-se culpado...se calhar até teve a sua parte de culpa, quem sabe...

Tenho ouvido: -Estas triste mamã? Agora nunca te ris?...

Essa é a pior parte,indirectamente fiz mal a todos os que me rodeiam....

Mas isto tudo é uma grande lição de vida,não digo que não voltarei a cometer o mesmo erro,não sei,um dia alguém me disse que isto era viciante, agora percebo essas palavras,vicia o quereres ouvir da boca de outro homem que és linda,bonita,sentires-te desejada...vicia sentires o frio na barriga,vicia viver na fio da navalha.

O que não vicia é as consequencias de amar quem não devemos, uma regra para nunca esquecer, eu esqueci e foi desastroso


Fiquem bem SININHO

6 comentários:

Anabela disse...

Olá,
Ainda bem que estás de volta:))
Parece um cliché mas é a verdade, o tempo cura tudo... claro que nunca vais esquecer, vais é ver as coisas de maneira diferente.
Bjs e Boa sorte daqui para a frente.

Bruxinha disse...

Sejas bem vinda
Dá tempo ao tempo ... não é fácil eu sei...mas ainda tens a tua familia para te dar um ombro e apoiar nos momentos "menos bons"
Força
Um beijinho

albana disse...

olá sininho!
obrigado pela visita...volta sempre que quiseres!

Não resisti e li o teu blogue todinho...os ultimos tempos estão a ser dificeis para ti...espero que a pouco e pouco encontres o equilibrio e a tranqualidade que com certeza mereces...

E volta a sorrir para o teu/tua filho/a...acredita numa coisa "o amor que sentimos pelos nossos filhos e o amor que recebemos dos nossos filhos é o unico amor pelo qual vale a pena sofrer"

ninguem te pode julgar...porque ninguem pode dizer "desta àgua não beberei"

Força sininho, a vida ainda tem muita coisa boa para ti, muitos momentos felizes para te dar...
mesmo que não acredites! Eu sei do que falo...tive uma história identica á tua, com uma pequenina diferença...eu era livre, estava só e carente! Mas ao fim de quase 4anos o teu penultimo post, podia ter sido escrito por mim...
Hoje estou bem...encontrei o meu J, estou a viver um casamento que me dá muita segurança, muitos momentos bons!

abraço

Soraia Silva disse...

por vezes temos a tendencia de magoar pessoas que amamos e nos amam sem terem culpa dos nossos problemas.

agarra-te a quem te faz realmente feliz, quem nunca te desiludiu, a quem nao te dá sequer hipoteses de pensares nas coisas más e verás que tudo irá melhorar.
se achares que mesmo assim nao funciona, vai agindo como se tudo estivesse bem, mesmo que estejas a remoer-te toda por dentro. se assim fizeres, vai chegar a um ponto em que as coisas estao mesmo bem sem teres mais que te esforçares a disfarçar e tudo corre normalmente :)

finge que tudo corre bem, sorri para aqueles que amas mesmo que te doia por dentro, é uma questao de tempo até tudo ficar bem :)

beijinho

Déia disse...

É, essa parte não é nada fácil!
desejo que passe logo!

bj

Sonhadora disse...

Benvinda!
Não sei se posso dizer felizmente ou se infelizmente não conseguimos mandar nos nossos sentimentos, dizer quero gostar deste, não quero gostar daquele!
Pensa no teu filho, agarra-te a isso para superares essa fase menos boa!
Muita força!
Beijoca grande